Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tea Tree Oil

Estou rendida a este produto, este óleo é óptimo para que te problemas de pele, tais como borbulhas. Eu andava a usar o benzac porque no inverno a minha puberdade toma conta da minha cara, embora que já não esteja nela e fico cheia de borbulhas e fui à farmácia perguntar o que é que me podiam dar para passar e deram-me o benzac.

 

Só vos sei dizer que no dia a seguir acordei, cheia de comixão, vermelha e em sitios até inchada. O que é que eu pensei? Que devia de estar a fazer reação com o creme de dia então tive uns dias sem usar nenhum e voltei a experimentar, e ainda foi pior, então está lá a um canto.

 

Quando passei pela The Body Shop fui lá ver se havia alguma coisa pois já tinha tido produtos deles que eram muito bons. Então a senhora deu-me a conhecer este produto M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, o óleo da árvore do chá. 

É um produto consentrado de cheiro intenso mas faz milagres.

Eu apliquei por uma semana, apenas no sitios onde tinha borbulhas, durante a noite e elas secaram, não me fizeram alergia e por isso neste momento não o troco por mais nada!

 

2243463.jpg

 

Aplicações do Óleo:

 

Feridas:

Aplicar umas gotas de óleo puro sobre a lesão ou ferida.

 

Verrugas:

Aplicar à noite uma gota de óleo essencial directamente sobre a verruga e tapar. De manhã destapar e deixar apanhar ar.

A duração do tratamento depende da dimensão da verruga.

 

Unhas:

Em caso de fungos (micoses) e unhas encravadas pode colocar directamente o óleo sobre a àrea afectada.

Para o pé de atleta, limpar com um algodão embebido no óleo puro.

 

Piolhos:

É um remédio com muito efeito contra os piolhos.

Lava-se o cabelo com o champô habitual juntando 4 gotas de óleo de árvore-do-chá.

Depois de lavado, o cabelo penteia-se com um pente impregnado neste óleo para eliminar as lêndeas. Se na lavagem do dia-a-dia juntarmos o óleo ao champô, ficamos protegidos deste tipo de pragas.

 

Herpes, Varicela e outras doenças virais da pele:

É muito útil porque acalma a comichão e inibe a propagação do vírus, cicatriza e desinfecta.

Aplique diluído em óleo ou em água. Se a lesão não deseparecer ou não diminuir em poucos dias consultar o seu médico.

 

Higiene Corporal:

É um óleo muito recomendado para pessoas que frequentam ginásios, piscinas ou qualquer outro local público, porque nestes locais há uma grande exposição a multiplas infecções.

Este óleo como anti-séptico é muito eficaz e pode aplicar-se em pequenas quantidades nas mãos e pés, ou diluído em àgua.

 

Infecções ginecológicas e hemorróidas:

Um banho de imersão com 10 gotas de óleo puro diluído em água morna durante 20 minutos.

 

Conjuntivites:

Juntar uma gota do óleo num copo de vidro com água morna já fervida e embeber um algodão, espremê-lo e colocá-lo sobre as pálpebras durante 20 minutos, duas vezes ao dia.

 

Acne:

Para este caso é muito importante a limpeza diária da pele utilizando um algodão embebido em água e uma gota do óleo. Também se pode aplicar óleo puro directamente sobre a borbulha uma ou duas vezes ao dia com a ajuda de um cotonete.

 

Cabelo:

Regula a actividade das glândulas sebáceas, pelo que é a solução ideal para cabelos oleosos.

Ajuda a combater a caspa devido à sua acção fungicida.

Juntar 4 gotas de óleo na dose de champô a utilizar (preferencialmente neutro).

 

Gengivas Inchadas, Mau Hálito e Dores de Dentes:

Juntar 3 ou 4 gotas do óleo num copo de água e fazer bochecos.

Para a higiene oral colocar uma gota do óleo na escova de dentes antes de os escovar.

 

Aftas:

Uma ou duas vezes por dia depois de realizar a sua higiene oral, coloque uma gota de óleo directamente com a ajuda de um cotonete sobre a afta, espere uns minutos e se achar necessário realize um bocheco com um pouco de água.

 

Picadas de insectos:

Aplicar óleo directamente na área afectada.

 

Gripe, Sinusite e Tosse:

Pode ser usado num difusor ou vaporizador durante a noite, assim ajudará a descongestionar as vias respiratórias e ainda a limpar o ar de bactérias.

 

Bolhas:

Aplicar o óleo de árvore-do-chá directamente sobre as bolhas 3 vezes ao dia para acalmar a dor e prevenir infecção.

Depois aplicar o óleo diluído duas vezes ao dia para continuar o tratamento.

 

Depilação:

Depois de barbear-se ou depilar-se aplicar uma pequena quantidade de óleo diluído para desinfectar e acalmar as pequenas irritações da pele.

Evita as borbulhas que podem aparecer depois da depilação.

 

Queimaduras:

Aplicar directamente várias vezes sobre as queimaduras para desinfectar e acalmar a dor até que se forme uma crosta.

Continuar o tratamento com o óleo diluído quando cair a crosta.

 

Entorses:

Aplicar directamente várias vezes ao dia alternando com gelo para evitar inchaços e hematomas.

 

Dores Musculares, articulares e lombares:

Esfregar o óleo sobre os músculos doridos.

Juntar 10 gotas de óleo de árvore-do-chá num banho quente. Depois massajar a zona com o óleo misturado num creme ou num óleo de massagem.

 

Usos em veterinária: Pulgas e carraças:

Para evitar as pulgas no seu animal de estimação colocar numa esponja 10-20 gotas de óleo de árvore-do-chá e esfregar na pele.

No caso das carraças colocar o óleo puro na carraça viva e à volta da zona e esperar uns 10 minutos. Passado esse tempo, retirar a carraça caso não se tenha soltado sozinha. Continuar a colocar o óleo de árvore-do-chá na àrea afectada 3 vezes ao dia durante o tempo necessário para aliviar a irritação e evitar uma possível infecção.

 

Atenção! Este óleo não é para ser ingerido.

 

 

Espero que tenham gostado,

 

Beijoos 

13 comentários

Comentar post